· ·

10 de Junho
Extremadura espanhola celebra Dia de Portugal

É um acontecimento inédito na Península Ibérica. A Extremadura espanhola vai comemorar o Dia de Portugal e das Comunidades Portuguesas, segundo o anúncio feito pelo presidente do Governo Regional, José Antonio Monago, que justifica a celebração do 10 de Junho com aproximação entre os dois países. “A vossa história é a nossa história”, sublinhou o responsável máximo do Executivo extremenho, para quem “há muitos anos que olhamos para Portugal como um povo irmão.”
E o programa em carteira é vasto, prolongando-se entre domingo e segunda-feira, com várias actividades, sobretudo, em Badajoz, mas também em Cáceres – para acompanhar ao longo da semana nas páginas do “Diário do Sul” – embora para o dia 15 de Junho também esteja agendada uma derradeira iniciativa inserida nas mesmas comemorações.
“A minha região será, deste modo, uma das primeiras, se não a primeira região da Europa, em que se vai celebrar o dia de outro país”, admitiu ainda Jose Antonio Monago, insistido que os extremenhos se sente como “parte de vocês”, referindo-se a Portugal, “mas também vos sentimos como parte do nosso próprio povo. Extremadura está com Portugal e Espanha”, acrescentou, alertando que nas últimas décadas foram surgindo múltiplas iniciativas e projectos de cooperação, sendo que “as infra-estruturas que foram construídas lograram melhorar as transacções comerciais entre ambos os países.”
Uma das principais apostas de chefe do Executivo extremenho, em termos de cooperação transfronteiriça, está canalizada para a vertente turística, assinalando que “podemos utilizar as nossas sinergias para nos convertermos num destino turístico potente, ou para exportar a terceiros países”, disse, recordando como Portugal é o principal destino das exportações da vizinha região espanhola, com 26%, representando ainda um terço das importações da Extremadura.